Follow by Email

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013


Você que vai participar do Coral Infantil não deixe de participar e adquirir a CAMISETA do Ministerio Infantil, os valores são de 04 a 06 anos R$10,00 e de 06 em diante R$15,00.

domingo, 10 de fevereiro de 2013




Ministério Infantil Reunião Geral Fevereiro de 2013

A Paz do Senhor a todos os professores, estou disponibilizando as aulas deste mês!!


Carlos Côco Resmungão e João Côco Feliz

“O coração alegre serve de bom remédio” (Provérbios 17:22).
Recursos Visuais: Dois côcos, lã para o cabelo, botões para os olhos, nariz e boca.
Preparo: Perfure um dos côcos e extraia a água, deixando-o secar por várias semanas, se possível. Depois de seco, coloque-o sobre uma base que faça ruído quando você chacoalhá-lo (ou se você já tiver um côco seco, poderá usá-lo).
Depois, cole o cabelo e faça o rosto com os botões. O côco que faz barulho, o Carlos, deve ter uma expressão zangada; o outro, João Côco Feliz, deve ter um largo sorriso.

Hoje tenho dois convidados comigo. Gostaria de apresentar-lhes o João Côco Feliz e o Carlos Côco Resmungão. Por fora, ambos se parecem muito, mas, no íntimo, são bem diferentes. O João Côco Feliz tem sempre um sorriso no rosto. Ele está sempre feliz porque ama a Jesus e sabe que Ele o ama. João Côco Feliz se assemelha ao texto que se encontra em Provérbios 17:22: “O coração alegre serve de bom remédio”. João Côco Feliz sempre faz com que as pessoas se sintam bem quando estão com ele.
Agora quero apresentar-lhes o Carlos Côco Resmungão. Ele é um bebezão que está sempre chorando e querendo que tudo seja feito de acordo com a sua vontade. Talvez você conheça algumas crianças assim. Se não conseguem que as coisas sejam feitas à sua maneira, batem os pés e começam a berrar até que sejam atendidos. O Carlos Côco Resmungão se parece muito com a segunda parte do verso acima que diz: “mas o espírito abatido seca os ossos”. O Carlos chora muito, não porque esteja triste, mas simplesmente porque quer sempre que a sua vontade seja feita.
Como já disse, o Carlos e o João se parecem muito por fora, mas por dentro são muito diferentes. Vou mostrar-lhes a diferença entre eles ao chacoalhar a cabeça deles.
A diferença é que uma faz barulho e a outra mostra o som do líquido sendo agitado dentro (as crianças sempre demonstram surpresa com a diferença entre os côcos).
Bem, meninos e meninas, sabemos que as pessoas não são realmente como estes cocos. Não assobiamos ou parecemos um chocalho quando alguém nos agita, mas somos diferentes, sim, pela forma como pensamos. Todos conhecemos pessoas que estão sempre tristes, sempre reclamando, sempre infelizes. Ninguém gosta de estar com elas. Por outro lado, conhecemos pessoas que são sempre amáveis, que estão sempre felizes. Essas são pessoas cujo coração é alegre e tornam felizes todos os que estão ao seu redor. Conforme diz a Bíblia: “O coração alegre serve de bom remédio; mas o espírito abatido seca os ossos” (Provérbios 17:22).












A Alegoria das Ferramentas

Há muito tempo atrás, em uma carpintaria, quando todo o trabalho havia acabado, as ferramentas começaram a conversar entre si. Elas discutiam para saber qual delas era a mais importante para o carpinteiro.
O Sr Martelo começou: Certamente que sou Eu o mais importante para o carpinteiro! Sem mim os movéis não ficaram de pé!, pois eu tenho que martelar os pregos!
O Sr Serrote logo quis dar a sua opinião: Você Sr martelo? Você não pode ser! Seu barulho é horrível! É ensurdecedor ficar ouvindo toc, toc, toc... O mais importante sou Eu! O serrote! Sem mim, como o carpinteiro serra a madeira? Eu sou o melhor!
Não, não, não! Falou a dona Lixa: Eu sim sou a melhor! Se não fosse Eu os movéis não seriam tão lisinhos e perfeitos! Eu sou a mais importante!
Ah! mais não é mesmo! disse a dona Plaina: Eu é quem deixo tudo retinho, e tiro as imperfeições da madeira. Eu sim sou a indispensável...
Tsc, tsc, tsc... Nada disso, disse a dona Chave de Fenda: Se não fosse Eu, como o carpinteiro iria apertar os parafusos? EU sim sou a melhor!
Ah! não ! Que absurdo! disse o Sr Esquadro: Eu sou o mais importante! Sem mim os movéis ficariam tortos! O carpinteiro nem saberia a medida. EU sou o mais importante!
As ferramentas ficaram discutindo até o dia amanhecer...
O carpinteiro chegou para trabalhar, colocou sobre a mesa a planta de um movél e começou a trabalhar!
Ele usou todas as ferramentas. Usou o serrote, o martelo, o esquadro, a lixa, a plaina, os pregos, o martelo, a chave de fenda, a cola e o verniz para deixar o movél brilhando....
Enfim ele acabou. Chegou o fim do dia o carpinteiro estava cansado, mas feliz com o que tinha feito! Seu trabalho com as ferramentas tinha ficado ótimo!
O carpinteiro foi para casa. Enfim, as ferramentas voltaram a conversar. Só que agora elas ficaram admirando o que tinham feito todas juntas e o carpinteiro. Sabe o que elas fizeram? Um púlpito de uma igreja! E tinha ficado lindo!
Elas chegaram a uma conclusão: Todas eram importantes!! Aos olhos do carpinteiro. Ele usou todas! Sem exceção de nenhuma! E o movél tinha ficado lindo!
Elas descobriram que quando todas trabalham juntas tudo anda melhor!!
========================++======================== =====
(Moral da história)
O carpinteiro representa JESUS ou o Pastor de sua igreja, dependendo como você vai usar essa história. As ferramentas representam os membros, ou crianças.
Cada um de nós tem um valor importante no reino e na obra de DEUS. É ele quem nós usa e capacita para fazermos a sua obra. Cabe a nós como ferramentas nos deixar ser usados. (você professor pode colocar a moral que vc achar que se encaixa melhor para a sua turma)










Parábola das 10 moças.

Dinâmica para introdução da história:

Levar objetos e ver para que servem ? Deixar em uma caixa para as crianças irem
escolhendo e falar para que serve.
Colher? Para comer.
Copo ? Para beber
Martelo.
Serrote.
Flauta.
Grampo de varal. E outros objetos.
E tem uma caixa especial que contém um espelho dentro. Essa fica por último para
todas passarem e olhar e responder.
Na hora que elas se verem perguntar:
E esta pessoa aí para que serve?
Tudo tem um objetivo. Cada coisa da outra caixa servia para algo.
E nós? Nós somos especiais.
Servimos para sermos instrumentos na mão de Deus.










Vamos primeiro ouvir uma história para entender o quanto somos importantes.
LEITURA AUXILIAR: Mateus 25:1-13.
Apresentando uma lamparina. Pode ser figura, ou na tv. Mostrar uma lâmpada e perguntar: O que é isso? Para que serve? Mostrar a lamparina e perguntar: Sabem o que é isto? Isto é uma lamparina. Na época de Jesus, não havia luz elétrica nas casas e nas ruas. Quando anoitecia as pessoas usavam lamparinas e tochas para conseguirem enxergar alguma coisa. Precisava ter azeite para manter acesa.
Esta é uma parábola, ou seja, uma história que Jesus contou para nos ensinar algo com
ela.
-

Instrumentos na mão de Deus.

As 10 moças.

A história conta que havia 10 moças, que saíram para encontrar-se com seu noivo. Cinco eram ajuizadas e cinco não tinham juízo O noivo estava vindo de outro lugar para vir ao seu encontro. Como era noite e não havia iluminação nas ruas, cada uma das dez moças levou uma lamparina. Só que as moças ajuizadas pensaram: “Se o noivo demorar muito pode ser que acabe o óleo da lamparina e ficaremos no escuro. É melhor levar um pouco mais”. Então elas encheram uma vasilha com óleo, como prevenção. As moças sem juízo devem ter pensado: “Eu tenho óleo suficiente. E não levaram óleo de reserva. .
Logo elas estavam no caminho à espera do noivo. Imagino que elas tenham chegado muito animadas, conversando sem parar sobre como seria a festa. Só que o tempo foi passando, passando e nada do noivo chegar. Elas esperaram e esperaram. Depois de algum tempo começaram a sentir sono e bocejar. Já era tarde da noite e nada do noivo chegar. Elas começaram a se encostar umas nas outras, depois de algum tempo, todas adormeceram. Mas sabem crianças, à meia-noite ouviu-se um grito (falar bem alto): “Aí vem o noivo, saí ao seu encontro!”
As dez moças acordaram de uma vez e levantaram-se. Já dava até para ver o noivo se aproximando. Elas começaram a arrumar suas lamparinas rapidamente. As moças ajuizadas pegaram o óleo das suas vasilhas e colocaram-no dentro das lamparinas, com pressa para irem logo. As moças sem juízo perceberam que suas
lamparinas estavam se apagando e ficaram muito nervosas porque não tinham azeite de reserva. Elas então pediram para as moças ajuizadas darem do azeite delas. Mas elas não podiam dar. Pois senão poderia faltar para elas também.
Então as moças ajuizadas ainda aconselharam as sem juízo a irem comprar azeite e depois voltarem para encontrar o noivo. As moças tolas foram correndo tentar achar um lugar, àquela hora da noite, onde pudessem comprar azeite. Enquanto elas saíram, os noivos e seu cortejo chegaram e as moças prevenidas foram com eles para a festa. Mais tarde, quando todos já estavam dentro da casa, festejando, as outras cinco chegaram. Elas começaram a bater palmas e gritar: “Por favor, abram a porta! Queremos participar
da festa também”. O noivo estranhou que algum convidado chegasse àquela hora para a festa pois ele dera tempo suficiente para que todos viessem. Chegar tão tarde era um desrespeito. Ele então lhes disse: “Não conheço vocês”. E fechou a porta. As tristes moças sem juízo ficaram para fora da festa, na escuridão da rua. Esse foi o resultado de serem tão descuidadas.
---------------------------------------
Hora de semear:
Vamos ver o que representa para nossa vida cada parte da história:
A casa = É o céu
O noivo = Jesus.
As moças = É a igreja. Mas não igreja templo. E sim nós, pessoas.
O azeite = Nossa vida espiritual, nosso comportamento com Deus.
Então, Jesus vai voltar para buscar a igreja Dele. Mas só entrará no céu quem estiver
preparado. Precisa ter uma vida espiritual ligada com Deus. E quem não estiver
preparado, não entrará no reino do céu.
--------------------------------------
Mensagem de Hoje:
Agora voltando ao começo:
Para que nós servimos ?
Para sermos instrumentos nas mãos de Deus. Para fazer o quê?
Para ajudar as pessoas a se prepararem para a volta de Jesus.
Muitas pessoas são como aquelas moças descuidadas, não estão preparadas, não conhecem a Jesus. E se não falarmos de Jesus para elas, elas ficarão de fora da festa. Teremos parentes, amigos e vizinhos que não estarão lá conosco. E não é isso que queremos, certo?
Nessa história Jesus deixou claro que, quem não se preparar agora, não poderá participar da festa no Céu, quando Ele voltar. Então, como diz o versículo: Vigiai... Como está o seu azeite? Como está sua vida com
Deus? Está sendo obediente? Falando a verdade? Não está brigando? Pois a qualquer momento Jesus voltará, não sabemos o dia nem a hora.






Tema para Carnaval:

Introdução para um culto infantil: Historinha com Fantoche e um menino
Personagens - Zozó - Fantoche
Tilico - Um menino
Jesus - Jovem

A Tentação de Tilico
(Zozó)- Ei Psiuuuu !!! Oi Tilico, tudo beleza???
(Tilico)- Olá Zozó ? Tudo certinho.
(Zozó)- O que tu tá fazendo aí?
(Tilico)- Vou assitir ao culto.
(Zozó)- Tu tá brincando ?
- Ta rolando uma festa, super alegre lá na sala. E aí, vai conosco?
(Tilico)- Sei não, Zozó. Tô sabendo que é festa de carnaval. Não é certo não.
(Zozó)- Besteira. Ta todo mundo alegre, no maior alto astral. vai perder uma festa dessas?
(Tilico)- Ah, sei não. Nessas festas sempre tem muita bebida. Isso não agrada a Deus.
(Zozó)- Ué ! Deus não quer te ver feliz? Então, vai ser divertido, entra aí...
(Tilico)- Não vai dar...
(Zozó)- É só um pouquinho... Ninguém vai perceber...
(Tilico)- Ah, não sei...
(Zozó)- Deixa de ser bobo... Ta o maior agito e tem uma galera bem animada lá dentro.
(Tilico)- Acho que não...
(Zozó)- Vai lá só dar uma espiadinha...
(Tilico)- Será ???
(Zozó)- Não vai fazer mal. Não vai te arrancar nenhum pedaço. Anda logo...
(Vai até a porta como se fosse para abrir.)
(Zozó)- Isso mesmo garoto. Vá em frente... Tu vai curtir um festão.
(Tilico)- Desculpe. (Sai da porta) Mas aprendi que para ser uma pessoa feliz.
Abençoada, devo ser obediente a Deus.
(Zozó)- Como assim? Tu não vai???
(Tilico)- Eu não vou a esta festa. Deus não se agrada com as coisas que por lá acontecem. Tem pessoas bebendo. Pessoas falando coisas feias. Mulheres e homens usando poucas roupas. Brigando. Fumando.
(Zozó)- Não acredito, vai deixar de ir mesmo ??? E a felicidade ???
(Tilico)- Eu sou feliz com Jesus. Na Bíblia está escrito: Afaste-se do mal e faça o bem. Porque irei a um lugar destes? Se sei que posso ter alegria nas coisas boas que mecercam? Na minha família. Com meus amigos que amam a Deus?
(Zozó)- Não estou entendendo...
(Tilico)- Eu não preciso de uma festa, onde acontecem tantas coisas erradas para mealegrar. Posso não beber, não fumar. Mas quem garante que quando se está lá, não vai ter outras tentações ? Algo que vai me fazer me afastar de Deus.
(Zozó)- Sério?
(Tilico)- Sério. Eu não vou. E tenho certeza que você deveria de fazer o mesmo...
(Zozó)- Eu hein ? Fui....
(Tilico)- Ei Zozó, não vai... É ele foi...
---------------
Entra Jesus...
(Jesus)- Estou feliz contigo, Tilico.
(Tilico)- Jesus !!!
(Jesu)- Estive a todos os momentos te vendo. Não quis interferir. Pois você tem o direito de escolher.
- A todo o momento o nosso inimigo manda pessoas iguais ao Zozó para fazer os meus escolhidos seguirem por um mau caminho. Mas você fez uma boa escolha.
- Quero te mostrar algo que muitos não conseguem ver. Abra aquela porta.
- Por fora é alegre, chama a atenção. mas muitos não conseguem ver depois da porta.
(Abre a porta e leva um susto com a escuridão)
- Enquanto muitos vêem festa, alegria lá dentro. São poucos que vêem que estecaminho leva a escuridão. Não há luz neste caminho. Só trevas. Lugares assim levam a destruição. Não há Deus.
(Jesus Fecha a porta e Tilico fica olhando para a porta até ele sair)
(Tilico)- Jesus já foi ??? Como é bom saber que Jesus está sempre pertinho da gente.
Vamos então assistir ao culto. (Senta no banco)
Ênfase - Conclusão com líder/professor (a)
- Vocês viram amiguinhos como são as coisas? Precisamos estar atentos. E ter a Palavra de Deus em nossos corações. O mundo está cheio de pessoas querendo nos levar a praticar as coisas que desagradam a Deus. O inimigo quer fazer de tudo para que fiquemos afastados de Jesus. Ele não vai aparecer com uma cara de monstro, fez, para todo mundo correr dele. Ele vai usar pessoas como Zozó. Pessoas que até conhecemos, para nos tentar a fazer o mal. Temos que vigiar. Aprender a Palavra de Deus e deixar em nossos corações. Continua o culto com louvores animados. Leitura da Palavra e oração.





Mensagem de Deus para hoje:

Afasta-se do mal, e faça o bem 1Pe 3:11

E é isso: Tem coisas que irão nos tentar a fazer coisas que Deus não gosta. Por exemplo o carnaval. Lá tem muita coisa que Deus não gosta, pessoas bebendo, brigando, fumando, com pouca roupa, falando coisas feias, olha que é muita coisa ruim. Se pensarmos tem mais coisas ainda. Então na televisão tem propagandas com coisas alegres, tem crianças se divertindo, pessoas felizes, mas olha só, é o inimigo querendo nos tentar a ir nestas festas. Devemos resistir ao inimigo e dizer sim a Deus. Vamos guardar no coração esta Palavra:
Afasta-se do mal, e faça o bem 1Pe 3:11
Deixar a placa na porta do carnaval:
Apelo:
O inimigo tentou fazer Jesus desobedecer seu Pai, nosso Deus. Tentou fazer Jesus sair do caminho. Pois sabia que lá na frente seria vencido.
Lá na criação, quando o inimigo tentou Eva para que comesse o fruto proibido ela não resistiu a tentação, comeu do fruto e deu a Adão. E foi aí que o pecado entrou no mundo, e a conseqüência do pecado foi o afastamento de Deus e a morte. E todos nós então nascemos com o pecado.
Mas lá mesmo, Deus já havia prometido que enviaria aquele que venceria o pecado. E o inimigo quis tentar que Jesus não seguisse este plano de Deus para nós. Mas o amor de Jesus por nós foi tão grande, que mesmo sabendo de todo o sofrimento que passaria por nossa causa, ele resistiu ao inimigo e foi firme no plano de Deus. Sendo a nossa Salvação. E lá na cruz morreu por nossos pecados, para assim termos a vida eterna. No terceiro dia ressuscitou, vencendo a morte. E derrotando o inimigo lá cruz.
Tem alguém hoje que quer aceitar a Jesus como seu Salvador? Convidar a Jesus para morar em seu coração? Aquele que vai nos ajudar a vencer o inimigo nas tentações. e assim todos podermos morar juntinhos com Deus lá no céu?
Orar por ajuda nos momentos de tentação. Que o Espírito Santo venha nos trazer a Palavra para combater o inimigo. 

 


 

Mensagem para o dia:

A tentação de Jesus

 

Logo depois que Jesus foi batizado. O Espírito Santo o levou até o deserto para ser provado. Um lugar que não tinha nada para comer, nem beber.

(Apesar de Jesus ser filho de Deus, ele era homem normal como nós. Deus o enviou lá do céu, para ser iguais a nós. Para sentir o que nós sentimos.).

Então Jesus estava naquele lugar durante 40 dias jejuando.

O inimigo de Deus, vendo que Jesus estava fraco e com fome., Quis aproveitar o momento partentar Jesus. E disse:

- Se és o filho de Deus, manda que esta pedra se transforme em pão.

(Ih, estão vendo ? O inimigo quis aproveitar este momento e fazer com que Jesus desobedecesse seu Pai. Queria que Jesus mostrasse que poderia ser dependente, que não precisava de Deus.
Que poderia fazer tudo sozinho. sem ajuda divina)

Então Jesus usou a Palavra:

- Está escrito: Nem só de pão viverá o homem,mas de toda palavra que procede da boca de Deus. (Dt 8:3)

(Lá no começo da Bíblia Deus fala isso ao seu povo que está no deserto, quando Deus os sustentava. Jesus podia transformar as pedras em pão, mas assim estaria obedecendo aoinimigo)

O inimigo não se deu por vencido. Levou Jesus ao ponto mais alto do Templo em Jerusalém. E disse:

- Se és o Filho de Deus, te jogue aqui de cima; porque está escrito: Aos seus anjos ordenará a teu respeito que te guardem;e: Eles te sustentarão nas suas mãos, para não tropeçares em alguma pedra.

(Viram só, o inimigo também conhece a Palavra. Usou um Salmo 91. Ele queria novamente que Jesus fosse desobediente. E mais uma coisa: Se Jesus se jogasse, Deus poderia guarda-lo. Todos veriam que era o Filho de Deus, e não precisava morrer na cruz., assim Jesus não sofreria muito.Mas não era este o plano de Deus. O plano de Deus, era que Jesus morresse na cruz para acabar com o pecado e vencer a morte ressuscitando no terceiro dia. E é claro que o inimigo não queria isto, queria acabar com este plano de Deus. pois ele sabia que seria vencido lá cruz)

Mas Jesus negou e disse:

- Também está escrito; Não tentarás o Senhor, teu Deus.

(Dt 6:16 Jesus falou de um versículo também encontrado no começo da bíblia, quando algumasleis foram ditas.) Mas o inimigo não ia perder a oportunidade de tentar Jesus neste momento não. E levou Jesus a um lugar, um monte bem alto.
Mostrou todos os reinos do mundo e a glória deles. E disse:

- Eu te dou todos os reinos, tudo, se me adorares.

( Olha só, querendo que Jesus o adorasse.)

Então Jesus lhe ordenou:
- Retira-te daqui, porque está escrito: Ao Senhor teu Deus, adorarás, e só a ele darás culto.

Com isto o inimigo foi embora (Viram só, três vezes Jesus disse não usando a Palavra, que é como espada. Vence o inimigo)

Então depois desta prova, eis que vieram os anjos e o serviram.

Hora de refletir:

(Jesus resistiu as tentações. Ser tentado não é pecado, pecado é: quando a gente aceita as coisas erradas.
Se tivermos a Palavra de Deus guardada em nossos corações, podemos usar ela como uma espada, assim como Jesus fez. Outra arma para vencer as tentações é a oração. Quando oramos ficamos perto de Deus, e então ele nos protege e cuida da gente. Deus vai nos fazer sentir no coração o que não lhe agrada )

 

 

 

 

 

 

 

Idéia - Esboço para fazer um Devocional Infantil.

Este devocional pode ser feito uma vez por mês. Seria um círculo de oração
infantil. A diferença é que ao invés de ficar todo o tempo de joelhos orando,
fazemos de uma maneira diferente.. E Deus já fez muita coisa nestes devocionais.
Apresentação e oração inicial.
02 Louvores iniciais de adoração
Leitura da Palavra: Por uma criança
Oração após: Por uma criança
Testemunho se houver

Começar nosso período de oração. Com a roda de oração. Já fizemos o nosso momento de louvor.
Agora vamos:
Adorar - Nos bancos com tnt vermelhos colar papelzinhos de frases de
amor a Deus. Confessar os pecados - Diante de uma cruz. Enfatizar que Jesus não está
mais em uma cruz. Ele morreu por nossos pecados e ressuscitou. Levou tudo com ele. E hoje está aqui vivo entre nós para nos perdoar.
Orar por nós - Cada um com seu caderninho quem tiver. Quem não tiveragradecendo em voz alta.






----------------------------------------------

História para ministrar sobre a fé.
Aconteceu no nordeste aqui no Brasil.
Veio da APEC - Cantinho das idéias.

Numa Igreja que ficava numa região de muitas fazendas, a maioria dos crentes vivia das plantações e estava perdendo tudo porque não chovia. O pastor da Igreja, preocupado com a fome, marcou um dia para que
todos, em vez de irem trabalhar na roça, fossem à Igreja só para orar a Deus para que Ele mandasse chuva.
No dia marcado, foram todos e entre eles uma menina de 8 anos chamada Susie. As pessoas foram entrando na Igreja, que ficou lotada. Mas o pastor reparou num detalhe: a única pessoa que foi para a reunião de oração levando um guarda-chuva foi a Susie. O que isto demonstrava?
Claro, ele foi para a reunião com fé.
Quer saber o final desta história?
Pois é, o Senhor respondeu a oração daquela gente e mandou a chuva tão necessária. No entanto, a única pessoa que não se molhou ao voltar para casa foi a menina. Há pessoas que não sabem ou não percebem, mas muitas respostas de Deus a favor deste vasto mundo são devidas as orações de fé de crianças
como Susie e como você.

Hora de semear a Palavra:
Vejo nesta história 03 Pontos para a resposta ser atendida.
1. - Deus se agrada com a nossa fé. E tem desejo de atender nossos pedidos. Hebreus 11:6a - “De fato, sem fé é impossível agradar a Deus...” Só a nossa fé já é bem vista aos olhos do Senhor. Porque assim demonstramos ao Senhor, que acreditamos que Ele existe e que foi Ele quem nos criou.
2. - Precisamos da fé para que o pedido se realize. E qualquer que seja ele. Mateus 21:22 - “ e tudo quanto pedirdes em oração, crendo, recebereis.” Basta acreditar e pedir. Se não for algo de ruim para nós ou para outros, Deus entregará.
3. - Um segredo: Vocês são crianças. Vocês são especiais para Deus. Marcos 10:14,15 - “Jesus, porém, vendo isto, indignou-se e disse-lhes: Deixai vir a mim os pequeninos, não os embaraceis, por que tais é o reino de Deus. Em verdade vos digo: Quem não receber o reino de Deus como uma criança de maneira nenhuma entrará nele.” Cada um de nós que já crescemos um pouco, ou mais ainda, precisamos ser
criança. Pois a criança é justa aos olhos do Senhor. Tem um coração puro. Humilde.
Oração após a Ministração.
Louvor final
Roda de oração. A criança que precisar de algo especial vai no centro.
Confraternização. Nosso momento de comunhão.