Follow by Email

terça-feira, 7 de maio de 2013

Apostila mes de Maio 2013

A mulher Samaritana

Dinâmica: Objetivo: Deixa-los com sede.
Começar a lição com louvores animados. Que pulam, que mexem bastante, Assim eles irão ficar cansados e com sede. Depois distribui salgadinho para eles comerem. Mas tudo sem água. Enquanto lês vão comendo, aproveita para discutir uma pouco sobre a água, como ele é importante, que não devemos desperdiçar. E que nós somos formados por 70 % de água no corpo. Vai imaginando uma cena no deserto, quente, com sol, puxa isso dá uma sede. Então pega água, fresquinha e beba para eles irem vendo, com certeza vai ter muitos já pedindo água. Depois dê a cada um água. Depois que todos tomaram, falar sobre Jesus. Foi Jesus quem afirmou que é a água viva, ou seja, a salvação para o mundo, assim como o corpo precisa da água, nós precisamos de Jesus.
Muitas pessoas por aí tem sede de algo e não sabem o que é, e até se sentem perdidas.
Precisamos apresentar Jesus para elas.
-----------------------------------------
Versículo: Ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura Marcos 16:15
--------------------------------------------
Hora da história:
Recursos: Bonecos de cone de outras histórias. Enquanto Jesus viaja de cidade em cidade, pode passar com o bonecos entre as crianças conversando com elas. O mesmo com a samaritana, no final falar com elas sobre Jesus, um judeu diferente.

Jesus viajava muito para anunciar a salvação. De cidade em cidade. (Passeia com Jesus entre as crianças, falando com elas palavras de bençãos.)
Certa vez Jesus, depois de pregar em Judéia. Voltou para a Galiléia
Jesus não foi sozinho, e sim com seus amigos. E era necessário para Jesus passar por Samaria. Para chegar até Galiléia era o caminho mais curto. Mas por que os judeus não se davam com os samaritanos, preferiam dar a volta por fora. Mas para Jesus,não. Notem: Era necessário. Jesus tinha algo para fazer por lá. O que será ???

As viagens naquela época não eram fáceis não. O caminho era bastante ruim, cheio de pedras, espinhos e até animais ferozes. Fazendo muito calor as vezes.
Quando chegaram perto de uma cidade chamada Samaria, era mais ou menos meio dia, Jesus, cansado da viagem, sentou-se perto de um poço. Muito famoso, o poço de Jacó. Enquanto isso os discípulos foram a cidade comprar um pouco de alimento.
Logo apareceu uma mulher com uma vasilha para retirar água do poço.
Quando ela chegou, Jesus pediu-lhe:

- Por favor, me dê um pouco de água.
A mulher estranhou, pois o povo de Jesus era judeu, e os judeus não eram amigos dos samaritanos.

Então Jesus começou a conversar com ela, que teria um presente para ela. Que seria muito melhor do que a água que ela iria beber, e depois sentiria sede de novo. Jesus lhe disse que se ela soubesse quem Ele é, estaria pedindo por água viva. Que ele lhe daria.
A samaritana viu que ele não tinha nada nas mãos para pegar água, como ele lhe daria água viva? Estava confusa.

Então Jesus lhe explica. Aquele que beber água deste poço, terá sede novamente. Mas aquele que beber da água que Jesus der, não terá mais sede, terá uma fonte dentro de si a jorrar para ávida eterna.
Então a Samaritana queria desta água.

Antes Jesus a fez reconhecer seus pecados, de uma maneira sábia.
Pediu que ela fosse buscar seu marido.
Ela disse que não tinha marido. E Jesus confirmou, revelando que ela já teve cinco maridos e este agora não é seu marido, como ela já havia dito.
A mulher percebeu que Jesus era profeta. E quis mudar de assunto. Falou sobre lugares para adorar, pois judeus tinham um e samaritanos outro lugar. E Jesus lhe falou que não importa o lugar, mas sim os verdadeiros adoradores, irão adorar em espírito e verdade.
A samaritana disse que há de vir o Messias que irá explicar sobre todas estas coisas. E ali Jesus se revela como sendo ele.
Jesus falou tantas coisas maravilhosas para ela, ela largou seu cântaro ali no poço mesmo e foi correndo onde morava para contar para o pessoal ouvir o Mestre. (Leva a bonequinha e vai falando com as crianças, como se elas fossem o povo então.)
Com muito carinho Jesus recebeu os samaritanos e ensinou-lhes a amar e adorar a Deus.

---------------
Plantando a semente da Palavra:

A água que tomamos tem muitos defeitos. Não é pura, não é limpa. E logo após ficamos com sede de novo.Agora Jesus é diferente. Jesus é  água viva. Pura, perfeita. Jesus é a salvação para todas as pessoas. Não importa o povo, região. Jesus é a água da vida para todos.
Aprendemos com Jesus: Não olhar para as pessoas, o lugar em que moram, a vida que vivem. Mas que são pessoas sedentas por Ele.
Aprendemos com a Samaritana: A partir do momento que tenhamos um encontro com Jesus. Que o sentimos em nosso coração, devemos passar aos outros, para que todos tenham a chance de conhecer Jesus também.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A transformação da vida de Paulo

Versículo:  Se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas. 2Co 5:17

Aplicando uma história dinâmica:
Uma lagartinha vivia em uma horta. [Mostrar a lagartinha]. Ela era muito feia. Passava o dia comendo e destruindo as verduras, que ficavam assim [mostrar o talo de couve]. Um dia ela começou a produzir um fio de linha bem fininho e se enrolou nele. [Enrolar a lagartinha no fio de linha]. Aquele fio se transformou em uma casinha. [Mostrar o “casulo”]. Ela ficou dormindo lá por algum temo e depois saiu bem devagarzinho. [Tirar a borboleta de dentro do rolo]. Mas não era mais aquela lagarta feia e destruidora. Era uma linda borboleta, que saiu voando, visitando as flores. Ela era uma nova criatura!
Jesus disse que para ter a vida eterna precisamos nascer de novo. Não é nos tornarmos bebezinhos outra vez. É que o Espírito Santo faz uma transformação tão grande no coração da pessoa que parece que ela é outra. Tudo fica diferente na vida de quem nasceu de novo. Quem mentia, não mente mais. Quem odiava, não odeia mais. Quem dizia nome feio, não diz mais. Quem era briguento, fica bonzinho. A Bíblia diz assim:  “Se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo. ” 2 Coríntios 5:17. 

Como fazer o casulo:
Enrolar e colar barbante ao redor de um rolo de papelão (miolo do rolo de papel higiênico) para ser o casulo da lagarta. Fechar as extremidades com círculos de papelão ou EVA, de modo que abra e feche, para colocar e tirar a lagarta e a borboleta. Fazer uma lagartinha e uma borboleta de EVA ou cartolina (ver figura da atividade 1, de Memorizando). Enrolar a borboleta para caber dentro do rolo. Colocar a lagarta dentro do rolo por um dos lados e tirar a borboleta pelo outro.

CONQUISTANDO A ATENÇÃO:
O objetivo é mostrar  que muitas coisas ao nosso redor já foram muito diferentes. Sugestões:suco de uva e uva; açúcar e pedaço de cana; roupa de algodão e bola de algodão; folha de jornal e foto de uma árvore (ou folha de papel em branco); objeto de madeira e árvore ou pedaço de madeira, etc.
              Colocar os objetos em uma mesa e a matéria prima em outra. Mostrar um objeto e perguntar à classe: Como vocês acham quer era esse objeto no começo?Ou: De onde vocês acham que veio este produto? Quando a matéria prima for identificada, colocá-la perto do produto correspondente. Quando todos os pares estiverem formados, perguntar: Essas coisas se transformaram sozinhas ou foram transformados por alguém? A história bíblica de hoje é sobre um pessoa que foi transformada.

A transformação da vida de Paulo

Recurso: Bonequinhos e um tubo onde entra a luz da sala ou lanterna por dentro.

Saulo era um líder judeu que perseguia os crentes. Ele não acreditava que Jesus era o filho de Deus, nem que havia ressuscitado. E por estar tão certo de sua crença, não queria que as outras pessoas acreditassem em Cristo.
Então certa vez, Saulo foi pedir ao sacerdote cartas que lhe dessem autoriedade para ir prender os crentes de Damasco. Tanto poderia ser homens e mulheres.
Saulo achava que estava agradando a Deus fazendo isso. Pois não via que estava sendo errado. Pois odiar é pecado. Maltratar os outros também.
Enquanto Saulo viajava pela estrada de Damasco, uma luz brilhante, vinda do céu, brilhou ao seu redor.
Caindo ao chão, Saulo ouviu uma voz dizer: “Saulo, Saulo, por que me persegues?
Perguntou Saulo: - Quem és tu, Senhor?
O Senhor respondeu: Eu sou Jesus, a quem tu persegues.
Viram só ? Quando Saulo estava perseguindo e fazendo mal aos crentes, ele estava fazendo isso a Jesus também. Temos que cuidar de nossas ações. Como estamos tratando as pessoas a nossa volta?
Deus queria que Saulo soubesse que Jesus era mesmo o seu Filho, e  que havia ressuscitado.
Saulo estava sendo escolhido para levar o Evangelho as outras pessoas. Por isso, desse encontro com Jesus. Só assim, para Saulo crer em Jesus.
Naquele momento em que Jesus falava com Saulo, os que estavam a sua volta, ouviram também, mas não viam nada.
O Senhor então ordenou que fosse para Damasco.
E Saulo se levantou, e quando abre seus olhos nada podia enxergar. Seus companheiros guiando ele pela mão, levam até Damasco.
Depois de três dias sem ver, Deus fala com Ananias.
Pede para ir até a casa onde está Saulo, impor suas mãos nele e recuperar a visão.
Ananias fica com medo, pois conhece a fama de Saulo.
Ele viria até Damasco para prender os crentes.
Mas mesmo assim confia e faz a vontade de Deus e vai até Saulo.
Chegando lá, impõe sobre ele as mãos, Saulo recupera a visão e fica cheio do Espírito Santo. E nesta mesma cidade então Saulo começa a falar de Jesus.
Todos ficaram surpresos. Pois era o Saulo que iria prender os crentes, e agora estava do lado deles? Não gostando da nova atitude de Saulo, fizeram planos para mata-lo. Mas Saulo ficou sabendo dos planos, e os discípulos pegaram ele d enoite, colocaram num cesto e desceram pela muralha.
E foi assim, que Saulo foi transformado.
Passou-se a chamar de Paulo.
De perseguidor, passou a ser o perseguido.
Pregou a Palavra com autoridade e cheio do Espírito Santo.
Fez muitas viagens para falar de Jesus as pessoas.
Curou pessoas, fez milagres, mas sempre explicando que quem realizava era Jesus.
Em suas viagens construiu igrejas, levando o evangelho.
Anunciando que:  Jesus é o filho de Deus, que cura, que salva dos nossos pecado.
Jesus morreu por nossos pecados e ressuscitou. E através de Jesus é que temos a vida eterna.
-------------------------------------------
Plantando a semente:
Você crê nisso ? Não vai adiantar querendo fazer coisas boas para agradar a Deus.
Precisamos aceitar a Jesus. Crer que ele morreu por nós, por nossos pecados.
E que através de Jesus, temos a vida eterna.
Aprendemos com Paulo que não importa como éramos pecadores. Quando temos um encontro real com Jesus, somos transformados. E a partir deste ponto, podemos anunciar o evangelho. Nós já crentes, precisamos buscar experiência com Jesus. Orar, jejuar e com louvores adora-lo de coração. para sermos cheio do Espírito Santo e fazer a obra.

Isaías - Exemplo a ser seguido

Recurso: Isaías caixa de sapato com tenaz dentro e reis do tempo dele uma caixa de sapato dentro da outra. Duas crianças de línguas compridas. Um anjo boneco.

Versículo: ...Eis me aqui, envia-me a mim. Is 6:8b.

Isaías foi um dos profetas maiores. Mas será porque era gigante? Não, o seu livro na bíblia, dentre os profetas é o maior. Uma curiosidade sobre o seu livro: A bíblia tem 666 livros ao total. Isaías tem 66 capítulos. O antigo Testamento tem 39 livros. Em Isaías os primeiro 39 capítulos falam sobre arrependimento dos pecados. O novo testamento tem 27 livros. Em Isaías os últimos 27 capítulos falam sobre consolo e esperança na vinda do Messias.

Ele foi o profeta que falou sobre o nascimento de Jesus. Mais de setecentos anos antes ele mostrou qual seria o sinal do nascimento. Que nasceria de uma virgem e que chamaria Emanuel. E muitos outros nomes ele teria: Conselheiro Maravilhoso, Deus poderoso, Pai Eterno Príncipe da Paz.Que seria o nosso Salvador. Que iria suportar intenso sofrimento para pagar pelos nossos pecados.
Isaías pregava a mensagem de Deus. De arrependimento dos pecados, descreveu o nascimento de Jesus, seu nome, sua missão, sua morte na cruz, sua ressurreição e como ele voltará para reinar para sempre.

As mensagens de Isaías eram difíceis de se ouvir. falava ao povo para abandonar o pecado e os avisava sobre o julgamento e a punição de Deus. Como mensageiro especial de Deus ele profetizou no reinado de vários governantes.

Veja alguns dele: (Vai abrindo cada caixa e falando um pouco sobre os reis)

Uzias: Fez tudo o que era bom diante de Deus. Mas teve um momento, que em seu coração cresceu uma semente de orgulho. No templo só poderia queimar incenso os sacerdotes. Era ordem de Deus. E o rei Uzias queria fazer isto. E não respeitou os sacerdotes e entrou no templo para queimar incenso. E no mesmo momento em sua testa apareceu uma mancha de lepra. E o tiraram do templo. Como ficou leproso, e naquela época não havia cura, teve que morar em um lugar separado. Até a sua morte.
Jotão:  Foi um bom rei. Fez tudo o que seu pai fez. Só não entrou no templo. Pois sabia o que aconteceu com seu pai.
Acaz: Não fez o que era reto ao Senhor. Tirou as coisas do lugar no templo. Fecho as portas do templo. E até imagens para adorar outros deuses havia feito. Então Deus permitiu que por causa das transgressões deste rei o povo sofresse com ataques de inimigos.
Ezequias: Abriu as portas da Casa do Senhor, o templo. Reuniu os sacerdotes e levitas para assumir os serviços no templo. Restaurou o local e colocou ordem. Fez uma nova aliança com Deus, para que não pesasse mais sua mão no povo. Fez cultos a Deus. Prosperou. Mas seu coração se exaltou. Então veio uma doença mortal a Ezequias, e Isaías veio a visitá-lo e lhe disse: O senhor diz: Coloca ordem em tua casa, porque morrerás e não viverás. E Isaías saiu deixando Ezequias sozinho. O qual orou ao Senhor com lágrimas. E Deus recebeu sua oração, pedindo para Isaías voltasse dizendo: Deus ouviu tua oração e viu tuas lágrimas e acrescentará quinze anos a mais para ti.

Mesmo Isaías sendo conselheiro de reis. Estando entre pessoas importantes, nunca foi menor. Deus não olha o que somos, mas quer ver o que faremos.
E Isaías foi chamado para pregar a mensagem de Deus e falar de Jesus, que ainda nem sequer estava entre eles. Veja como foi o chamado de Isaías:

Isaías era aparentado com o rei Uzias. E quando este rei morreu, sentiu-se triste.
E assim somos nós. Quando estamos tristes ou os acontece alguma coisa, procuramos mais por Deus.
E foi neste momento que Isaías teve um verdadeiro encontro com Deus. Ele teve uma visão da Glória de Deus. E neste momento reconheceu: Ai de mim! Estou perdido! Porque sou homem de lábios impuros! E viu então um anjo voando a sua direção trazendo uma brasa viva do altar que tirara com uma tenaz, e tocou os lábios de Isaías dizendo: A tua iniqüidade foi tirada e teus pecados perdoados.
E ouviu Deus perguntar: A quem enviarei, e quem há de ir por nós?
E neste momento, Isaías se coloca a disposição de Deus. Eis me aqui. Envia-me a mim.
E assim foi a vida de Isaías. Um dos maiores profetas da bíblia.

Que exemplos tiramos para sermos instrumentos de Deus?
- Ter um encontro real com Deus. Sentir sua presença. Sentir que é real, que está entre nós.
- Reconhecer que somos pecadores antes de fazer a obra de Deus. Como está a nossa língua?
Deus procura servos que se ofereçam de boa vontade a sua obra. E está disposto a trabalhar na nossa vida moldando-nos onde precisarmos.

Missão Está No Meu Coração   Crianças, crianças do mundo inteiro Crianças de todas as línguas e cores Crianças, crianças do mundo inteiro Clamando por Cristo o Salvador Muita gente está sofrendo e Sem salvação morrendo Eu ouço da África um grande lamento                 (Ajude -nos) A Oceania clama por salvação                             (Precisamos de Jesus) Da Ásia escuto o clamor do seu povo                 (Quem poderá nos socorrer) A Europa precisa de um grande renovo              (Espírito santo desce sobre nos) A America gigante necessita de perdão              (Misericórdia Senhor ) E a voz de Deus ressoa: Quem irá fazer missão? Missão está no meu coração Ouço o clamor do mundo em aflição Missionário quero ser Missionário serei Se meu Senhor mandar, Sim, eu irei E se eu não posso ir Então vou contribuir E se eu não chegar lá Por quem for irei orar. Coro novamente !1-Fazer evangelismo com as crianças (carteiro missionário) todos os setores no mesmo dia  no próximo mês de junho .marcar a data . 2-Fazer festas criativas e  convidar crianças não crentes durante as tarde de sábado e domingo durante as férias das crianças ex:Tarde do Sansão .somente com os meninos . Uma tarde com atividades  variadas para os meninos com lanche e claro a historia de Sansão O próprio sansão conta a sua historia ,o legal seria usar um casal para a esposa ser a Dalila os dois devem estar vestidos como na época.,Sansão com uma peruca cabelo longo . Não esqueça de fazer colunas com caixas de papelão para o Sansão mostrar que  o Senhor perdoa os nossos pecados ,ele ouviu o pedido de Sansão. Todos os meninos batem foto com a Peruca  para lembrança da tarde de Sansão. Para as meninas  seria a tarde da rainha. Desenhar um palácio na entrada da festa pode ser com papel pardo Brincadeiras Fazer uma coroa para cada uma ,arrumar os cabelos as unhas e colocar a coroa ,lanche bem gostoso ,historia da rainha Ester ,uma linda jovem vestida de rainha conta a historia .     1-NO TEMPO DE DEUS   “Para tudo há uma ocasião certa; há um tempo certo para cada propósito debaixo do céu” (Eclesiastes 3:1). Recurso Visual:Uma flor totalmente aberta e alguns botões ainda por abrir (a rosa é bem apropriada para a apresentação). Gosto muito de flores. Gosto de sua aparência e ainda mais do seu perfume! Na primavera, depois dos dias frios do inverno, gosto de ver as flores surgindo, crescendo, transformando-se em botão, e então florescendo plenamente sob o Sol. Algumas vezes, sinto que não posso esperar para ver as flores já desabrochadas. Talvez alguns de vocês também tenham esse sentimento. Você deseja pegar o botão e ajudá-lo a desabrochar antes do tempo. Alguém já tentou fazer isso? Hoje, trouxe aqui esta linda flor e alguns botões que ainda não desabrocharam. Gostaria de saber se há alguém aqui que estaria disposto a abrir este botão para que todos possam ver uma linda flor? (Consiga um voluntário para abrir o botão. Naturalmente, a criança irá destruir a flor e ficará frustrada.) Suponho que o botão ainda não estava pronto para ser aberto. Não era tempo. Talvez teria sido melhor se tivéssemos aguardado o momento certo para o botão se abrir por si mesmo, não é verdade? Creio que com isso podemos aprender o que a Bíblia diz: “Para tudo há uma ocasião certa; há um tempo certo para cada propósito debaixo do céu” (Eclesiastes 3:1). Jesus mesmo disse: “...primeiro o talo, depois a espiga e, então, o grão cheio na espiga” (Marcos 4:28). Tudo isso leva tempo. Foi assim que Deus planejou. O mesmo se dá com os meninos e as meninas. Ao crescermos, começamos como pequenas plantas, que necessitam de muito tempo e paciência para se tornarem flores no jardim de Deus. Parte desse crescimento ocorre na escola e depois na faculdade. Outra parte desse crescimento ocorre na igreja, ao aprendermos a respeito de Jesus. À medida que crescemos e aprendemos, passamos de botões para belas flores de Deus. Se deixarmos, porém, de crescer ao longo do caminho da vida, nunca desabrocharemos em belas flores, com é o que Deus deseja que todos sejamos. Se você ficar impaciente e quiser crescer rápido demais, lembre-se de que Deus ainda não concluiu o processo com você. Quando chegar o tempo certo, Ele o tornará em uma linda flor em Seu jardim.   2-UNIÃO   (O Senhor não quer) “...que ninguém pereça, mas que todos cheguem ao arrependimento” (II Pedro 3:9).   Recurso Visual: Um livro grande (que possa ser descartado).   Você é muito importante para Jesus e para a Sua Igreja. Trouxe este livro para que você entenda o que eu quero dizer. Todos sabemos que os livros são formados por páginas compiladas e coladas na lateral. Chamamos a isso de lombada. (Mostre o livro; abra-o e mostre a lombada.) Quando as pessoas escrevem livros, elas dividem o material em capítulos. Por exemplo, se eu fosse escrever um livro a respeito das igrejas que existem, dedicaria um capítulo a cada uma. (Mostre como o livro que você tem nas mãos é dividido por capítulos.) Os capítulos podem ter muitas e muitas páginas, mas podem também ser pequenos, com poucas páginas. No caso desse meu exemplo a respeito das igrejas, cada membro seria uma página de um capítulo. Haveria uma página para o José e uma para a Maria e ainda outra para o João e para a Rosa, para os filhos do José e da Maria. E uma página para cada membro de cada família da igreja, também. Cada membro da família teria sua própria página especial, porque cada um é importante para Jesus. (Segure o livro e destaque apenas uma folha.) Você sabe o quão importante você é como pessoa, individualmente? Você é muito importante, primeiro, porque o Senhor Jesus deu a vida por você e quando você se une aos outros membros da igreja e os membros a você, a igreja torna-se forte. Vou agora demonstrar o que estou querendo dizer. Há alguém aqui que pensa que é realmente muito forte? (Escolha uma criança para tentar rasgar o livro inteiro ao meio. Obviamente a tentativa será infrutífera. Contudo, para ilustrar o que você deseja dizer, peça para a mesma criança pegar o livro e arrancar uma única página. A criança relutará em arrancá-la. Então afirme à criança que pode fazê-lo, pois este livro já foi usado e poderá ser descartado. Assim que a criança rasgar a página, peça a outra criança para rasgar essa folha em muitos pedaços. A ilustração é óbvia: Quando a página é retirada do livro, ela se torna frágil e pode facilmente ser destruída.) A Bíblia diz: “Como é bom e agradável quando os irmãos convivem em união!” (Salmo 133:1).Meninos e meninas, quando freqüentamos normalmente às reuniões da igreja, a cada semana, e quando vivemos nossa vida como cristãos bondosos, estamos ajudando a fortalecer a igreja. Quando todos trabalhamos juntos e permanecemos perto uns dos outros, assim como as páginas de um livro devem permanecer coladas para formar o livro, então a igreja do Senhor é forte. Não se esqueça! Você pode ser apenas uma simples página no livro de Deus, mas quando você vem à igreja e permanece unido a ela, isso faz uma grande diferença. Não se esqueça! Sua vida e o testemunho que você dá como cristão está contribuindo para que o grande o livro de Deus (a igreja toda, que estamos representando) permaneça forte.   3-História-Bolinha Texto áureo:   “Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a própria vida em favor dos seus amigos.” ( João 15.13)   (1) Parecia uma bola de pêlos amarelos com perna e tudo...mas, era uma gatinho de verdade. (2) _ Mamãe, olhe! A senhora não acha que este é o bichinho mais lindo do mundo? – perguntou Junia, uma menina de 10 anos.- Posso ficar com ele? – indagou – e seus grandes olhos azuis imploravam. Enquanto falava, Júnia observava o gatinho que brincava perto dela. (3) _ Mas, Júnia- protestou a mãe- você já tem dois coelhos, um cachoro e três patos. Isto já é bastante para ma menina criar.   _ Oh, mamãe, mas ele é tão bonitinho. Que pelo macio e olhos tão azuis! Ele já gosta de mim. Escute como ronrona! Aninha vai gostar de brincar com ele porque nosso cachorro é muito grande pra ela. Ah, mamãe, deixa...   Neste instante uma menina de três anos veio do quarto e viu o gatinho. _ Aninha quer o gato! Aninha quer o gato! – repetia animada.   _ Veja, Aninha, não é um gatinho lindo? – Júnia encorajou-a.- Alise a cabecinha e segure-o com cuidado. Olhe, mamãe, Aninha também quer ficar com ele, não quer, Aninha? (4) _ Aninha quer gatinho bonito, mamãe. – disse a pequerrucha, acariciando-o suavemente. _ Bem, acho que vocês podem ficar com ele- disse dona Selma. Vão buscar aquela tijela branca, trincada. Ainda podemos usá-la algumas vezes para o gatinho. É melhor que vocês não fiquem com a idéia de que ele ficará conosco.   _Oh, espero que possamos ficar com ele a vida toda – isto é - se ele não pertence a outra pessoa. – disse Júnia. – Aninha, segure o gatinho enquanto eu vou buscar a tijelinha com leite. _ O gatinho estava mesmo com fome. Lambeu o leite num instante e depois limpou as patas e lavou o rosto.   _ Cuidado, Aninha, não o aperte demais. Sei que você quer acariciá-lo, mas tenha cuidado, ele poderá arranhá-la.   Parecia que as duas meninas tinham achado uma coisa que seria objeto de seu amor e prazer. _ Ele vai ser de nós duas, Aninha. – disse Júnia - Vamos dar-lhe um nome. Como vai chamá-lo? Vamos escolher um nome que dê certinho com ele. Mamãe, que nome vamos dar ao gatinho? Mamãe veio até a porta.   (5) _ Ele é amarelo como manteiga e depois de tomar o leite, enrola-se como uma bola. – observa a mamãe. _ Bolinha – murmurou Aninha, enquanto alisava a cabeça do gatinho que procurava aninhar-se em seus pés para dormir.   _ Isto mesmo! Bolinha! - Disse a mamãe – porque não o chamamos de Bolinha? Este nome é bonitinho com ele.   _ Bolinha – falou Júnia bem baixinho – é um bom nome para o nosso gatinho. Sei que vamos ser amigos por muito tempo, não é, Bolinha?   A primavera chegou com seu esplendor de flores e canto de pássaros. No verão, Bolinha já estava bem maior e gostava de acompanhar as meninas em seu divertimento. Ele gostava de ser carregado, especialmente por Aninha. Os dois quase sempre estavam juntos. Bolinha se tornou um amigo verdadeiro, como você vai ver.   Um dia, Aninha estava brincando na areia com seu balde e sua pá. Era uma tarde quente e ela estava ficando com sono. Resolveu então procurar um lugar fresco embaixo de uma grande árvore, quando ouviu Júnia chamando.   (6) _ Venha aqui, Aninha, está na hora da sua soneca. Não, não corra. Venha agora mesmo. Depressa. (7) ouvindo a voz de Júnia, a pequena voltou e começou a andar devagarzinho para casa. Tinha dado alguns passos quando ouviu um zum bido. Parou de repente com o olhar fixo numa grande cobra marrom. Aninha nunca tinha visto uma cobra, mas assim que viu o animal inchar com a língua para fora, ficou com medo. Seus grandes olhos se encheram de hor ror e suas faces coradas ficaram pálidas. Ela respirou fundo e começou a chorar. Largou o balde e cobriu o rosto com as duas mãos.   O movimento e barulho do balde enfureceram a cobra que se preparou para atacar, entretanto, Júnia, que ao primeiro sinal de medo em irmã, correu para alcançá-la. Enquanto corria,, avistou a cobra e deu um grito. Correu mais depressa querendo salvar Aninha. _ Senhor Jesus, me ajude a salvar – ela clamou, reconhecendo que não poderia alcançar a irmã antes do ataque da cobra.   (8) Enquanto corria o trecho final, Bolinha lançou-se entre Aninha e a cobra. Estava com as costas arqueadas e rosnava furioso. As presas da cobra cravaram na cabeça do gatinho, enquanto Júnia agarrava depressa sua irmã.   (9) Sr. Sérgio, ouvindo os gritos das crianças, deixou o trator e correu em direção às filhas. Ele percebeu que algo horrível estava acontecendo. Dona Selma também foi correndo e alcançou as crianças, quando chegaram à varanda. Apavoradas e soluçando, as duas contaram à mãe o que tinha acontecido. Sr. Sérgio correu com uma enxada e matou a cobra num instante, mas era tarde demais para o gatinho corajoso. Júnia tentava controlar as lágrimas enquanto contava o que aconteceu. Mas, quando falou do heroísmo de Bolinha, agora morto, não se conteve. (10) As lágrimas de Aninha também rolavam enquanto dizia repetidamente: _ Bolinha morreu por mim! Bolinha morreu por mim!!   Dona Selma mandou as meninas pra dentro e pôs Aninha na cama. Depois foi conversar com Júnia sobre o amor e a lealdade na hora do perigo. _ Bolinha foi um amigo verdadeiro no perigo, não foi mamãe? - disse Júnia – Imagine o que teria acontecido à Aninha se Bolinha não estivesse lá. Será que doeu muito as mordidas da cobra? _ Acho que sim querida, mas devemos ser gratos porque ele deu a vida por Aninha. – respondeu mamãe.   (11)_ Júnia, isto não a faz pensar no Senhor Jesus que deu Sua vida por nós? João 3.16 é um retrato fiel do que Jesus fez. Ele tomou nosso lugar na cruz do Calvário para que possamos ter a vida eterna. (PROFESSOR, EXPLIQUE CUIDADOSAMENTE O PLANO DA SALVAÇÃO) _ Sim, mamãe, estou triste porque Bolinha morreu, mas quando a senhora me fez lembrar que Jesus morreu por mim, fico mais triste ainda por causa dos meus pecados. Como sou contente por já ter aceitado Jesus como meu Salvador há quatro anos passado. Cada dia Ele se torna mais querido pra mim e hoje estou alegre porque sou salva. Oh, mamãe, não será maravilhoso quando Aninha aceitar Jesus em seu coração?   _ Sim, querida. Vamos orar para que isto aconteça hoje mesmo. Você sabe que temos esperado uma oportunidade para explicar a Aninha o que Jesus fez por ela. Creio que o momento chegou. Quando ela acordar falaremos sobre isso. Sei que ela fará algumas perguntas sobre Bolinha, e então lhe diremos que ele a amava tanto que corajosamente deu a vida por ela. Isto nos dará a oportunidade de explicar-lhe de maneira simples que há alguém que a ama muito mais e por ela deu a Sua Vida na cruz. E foi assim que, pelo exemplo de Bolinha, Aninha compreendeu que Jesus morreu para salvá-la. E, naquele dia mesmo, ela o recebeu alegremente em seu coração. Bolinha não tinha morrido em vão.   E você? Já compreendeu que Jesus morreu também para salvá-lo? Faça como Aninha, receba Jesus agora mesmo em seu coração. ( LEIA JOÃO 1.12 E FAÇA O APELO)  

4-O CORVO NICO   João 3.1-21 O corvo Nico era muito triste, pois o motivo de sua tristeza era ser da família dos corvos. O que ele mais queria mesmo era pertencer à família dos pombos. Um dia Nico teve uma idéia. Mas não contou para seus pais, porque os nossos pais sempre nos acharão lindos.   - Já sei, se eu ficar junto com os pombos e fizer amizade com eles, então serei da família dos pombos! Assim ele tentou, se aproximou, mas os pombos ficaram desconfiados e isto nada adiantou. Nico voltou triste...e pensando...pensando....teve outra idéia. - Se eu comer as comidas que eles comem e também fizer o barulho que eles fazem (gruuh...gruuh...) eu serei aceito na família dos pombos. E assim ele fez. Os pombos olhavam, olhavam...e esta idéia também não deu certo.   Nico ficou muito desanimado e muito triste. Mas em alguns dias teve uma outra idéia..uma idéia muito melhor que as outras. E foi assim que pensou: - Se eu tiver a cor deles, então serei da família dos pombos para sempre. (preparar um bandeja com farinha de trigo, colocar em cima da mesa, e ao chão um regador pequeno ou um baldinho para fazer a chuva) Então ele passou tinta branca e cinza em seu corpo, e mesmo tendo ficado um pouco estranho ficou quase igual aos pombos. (coloque-o na bandeja de trigo, esfregando-o ao trigo). O tempo passou e a cada dia Nico estava mais feliz, porque agora ele podia ficar junto com os pombos e... comer a comida deles, fazer o barulho deles (gruhh) e ter a cor deles. Ele se sentia um verdadeiro pombo!   Mas a sua alegria durou pouco. De repente veio a chuva e começou a estragar todo o disfarce de Nico, e com isto sua alegria também. A chuva fez escorrer toda tinta branca...E agora? - Vou fugir porque os pombos ficaram bravos. E assim, Nico voou para casa e chamou mamãe, que não sabia de nada. Então contou tudo para ela. A mãe de Nico explicou que a única maneira de um corvo fazer parte da família dos pombos era ter nascido na família dos pombos. Ele precisaria nascer de novo, mas isto não poderia acontecer com ele.   - Nico, meu filho, isto só pode acontecer com as pessoas, elas sim podem nascer de novo. - Na Bíblia há uma história de um homem que foi procurar Jesus e o perguntou como pode um homem nascer de novo mesmo sendo velho?   Nicodemos estava fazendo como o corvo Nico. Nicodemos perguntou a Jesus: - Será que uma pessoa podia voltar na barriga de sua mãe novamente? Ao que Jesus respondeu: - Não é deste nascimento natural (da barriga da mãe) que eu estou falando. Estou falando de nascer de novo espiritualmente, mudar de família e pertencer à família de Deus. Como se faz isto? Através do sacrifício de Jesus na cruz isto se tornou possível. “Assim importa que o filho do homem seja levantado, para que todo aquele que nEle crê tenha a vida eterna” João 3.14-15.   Você deseja participar da família de Deus? (fale dos benefícios de ser filho de Deus e de pertencer à família de Deus)Então você precisa nascer de novo em Jesus. (fazer o desafio)   (Adaptado de Denilze – APEC, Campinas) VERSÍCULO: “Assim importa que o filho do homem seja levantado, para que todo aquele que nEle crê tenha a vida eterna” João 3.14-15.

5-SALIM - ELE FALOU A VERDADE   Figura 1 (CAPA). Este garotinho vai contar a sua história para nós. Seu Noé é Salim. Ele vivia em um país muito distante do nosso, a Pérsia. Salim não tinha papai, vivia com sua mãe que era muito pobre e fazia um grande esforço para cuidar de Salim. Chegou um tempo em que ela não tinha mais condições de sustentar o menino e precisou mandá-lo viver com um tio que morava na cidade de Shiraz. Figura 2 – A mamãe estava muito triste por ter que se separar do seu filho amado, mas era preciso que Salim fosse, lá ele teria condições de estudar e de ter uma vida bem melhor junto com seu tio. Quando Salim estava pronto para partir, mamãe o chamou e disse: - Filho amado, você vai para longe de mim, mas precisa me prometer que não vai esquecer de 3 coisas que lhe valerão para a vida toda a fim de que você seja um homem de valor. Primeira: que você vai usar de bondade com qualquer pessoa que puder ajudar. Segunda: vai orar a Deus todos os dias. E terceira: sempre vai falar a verdade. Salim prometeu. A mãe pegou o saquinho onde dentro havia 3 moedas de ouro e costurou-o dentro do colete de Salim, dizendo que era tudo que ela possuía e que aquele pequeno tesouro lhe ajudaria a comprar alguma coisa que necessitasse. Figura 3 – Salim viajou na companhia de uma caravana (um grupo) de negociantes,q eu levavam mercadorias para serem vendidas em outros lugares. Shraz ficava bem longe de ontem a mamãe dele morava. Bem atrás de duas montanhas e do deserto. Com certeza Salim iria sentir muita saudade da mamãe, mas ele entendia que isso era preciso e que mamãe estava fazendo o melhor que podia. O serviço de Salim na caravana era ajudar a dar alimentos para os camelos quando a caravana parava para descansar e passar a noite. Salim fazia seu serviço com muita alegria e disposição. Embora com saudades de sua terra e da mamãe, ele nunca estava de mau humor. A caravana havia passado por grandes desfiladeiros (espécie de aberturas que serviam de caminho nas montanhas). Os rochedos dos lados eram muito altos, havia tantas curvas que era difícil enxergar adiante e foi num lugar assim que tiveram que parar, pois a noite havia chegado e não dava para continuar. Todos deitaram para dormir. Figura 4 – No meio da noite, tudo estava muito escuro e aí chegaram muitos ladrões que costumavam assaltar os viajantes. Quando Salim acordou com o barulho que faziam, viu todos os empregados e os negociantes amarrados e os ladrões ao redor de uma fogueira que haviam feito para se aquecer por causa do frio da noite. E um a um dos negociantes e dos empregados eram levados na presença do chefe dos ladrões, que procurava fazê-los contar quais mercadorias levavam e onde estava o dinheiro delas. Chegou a vez de Salim. Ele era tão pequeno que o ladrão não queria perder tempo e foi logo dizendo: - Menino, quanto dinheiro você tem e onde está? Salim respondeu: - Tenho três moedas de ouro costuradas no meu colete. O homem deu risada e foi embora. Daí um pouco, outro ladrão fez a mesma pergunta e Salim deu a mesma resposta. Este também não acreditou. Chegou um terceiro e tudo igual, só que este ficou irritado e achando que Salim estava caçoando deles. Então pegou o menino e o levou ao chefe dos ladrões. Os homens contaram a ele o que o garoto dizia. Ele olhou bem para Salim e achou que havia alguma coisa errada. Então, fez a mesma pergunta. Figura 5 – Todos ficaram quietos olhando para aquele menino tão pequeno, achando que ele não tinha dinheiro algum e esperando sua resposta. Então Salim, olhando bem nos olhos do chefe dos ladrões, disse: - Tenho 3 moedas de ouro e elas estão costuradas no meu colete! Já falei isso para os outros 3 homens que me perguntaram, mas eles riram e não acreditaram em mim! E mostrou para o ladrão onde estavam as moedas. Aquele homem ficou surpreso e respondeu: - Três moedas de ouro? Se isso é verdade porque você me contou? Ninguém contou nada até agora, só você! E o chefe dos ladrões desabotoou o colete de Salim e viu que realmente havia um saquinho costurado. Abriu e... lá estavam as três moedas de ouro que Salim havia falado. - Então é verdade! Por que você me contou? – perguntou ele. Foi ai que o chefe dos ladrões ficou mais surpreso ainda, porque Salim respondeu: - Contei porque quando deixei minha mãe lá na cidade onde eu morava ela me fez prometer três coisas. A primeira foi: usar de bondade com qualquer pessoa que pudesse ajudar. A segunda foi: orar a Deus todos os dias. E a terceira: sempre falar a verdade. Todos ficaram admirados com a resposta daquele garotinho e ficaram aguardando o que o chefe dos ladrões iria fazer. Figura 6 – Todos estavam em silêncio na expectativa de ver o que ia acontecer agora. O chefe dos ladrões tirou do seu próprio cinto mais três moedas de ouro e entregou todas para Salim que agora ficou com seis moedas de ouro. Todos ficaram envergonhados, pois ninguém falou a verdade, somente aquele garotinho. Muitos se arrependeram e pensaram:  “se eu tivesse contado a verdade quem sabe teria ganho o dobro, outro tanto, como aconteceu com Salim”. O chefe dos ladrões ficou impressionado com a coragem e a honestidade de Salim, que mesmo longe da mamãe estava obedecendo e cumprindo uma promessa que havia feito para ela. Por essa razão ele achou que valeria a pena recompensar Salim por sua atitude correta. Figura 7 – Salim pôde dizer àqueles homens que ele era um menino que dizia a verdade e obedecia a mãe, pois tinha Jesus em seu coração e que ele havia aprendido na Bíblia que sempre devemos dizer a verdade, obedecer ao papai e a mamãe e ajudar as outras pessoas. Aqueles homens que ficaram envergonhados e disseram uns para os outros, começando mesmo do chefe deles, que daquele dia em diante iriam trabalhar honestamente e nunca mais roubariam. Um menino tão pequeno os ensinou a importância da verdade e da honestidade. Você sempre obedece sua mãe e seu pai? Jesus nosso salvador, sempre cumpre tudo o que nos prometeu. Ele fica esperando para ver qual será nossa atitude diante de uma situação difícil. Ele espera que nós cumpramos tudo que prometemos para Ele um dia.   VERSÍCULO: João 8:31-32

6-Historia :Comportamento de LILI Olá galerinha hoje vou contar para vocês uma historia bem legal. Vocês sabiam que o gama leão muda de cor em cada lugar que vai ? Se ele estiver em um lugar de cor verde ele fica verde,se ele estiver em um lugar marrom ele fica marrom. Hoje eu vou contar a historia de uma menina que se chama LILI. Lili é uma menina que participa dos cultos infantis . Todas as vezes que ela vinha para a igreja o comportamento dela era um,saia da igreja para casa nossa mudava ligeirinho o seu comportamento,quando ele ia para a escola mudava mais ainda ,e quando Lili brincava com os seus amiguinhos o seu comportamento já era outro novamente. A Lili sabia que precisava de um comportamento diferente. Não ter um em cada lugar ,mas um comportamento de uma filha de DEUS. Certo dia ela ouviu a professora do culto infantil falar que quando temos Jesus em nossas vidas sabemos nos comportar como tal,porque espírito santo nos ajuda . A Lili não pensou duas vezes ,dobrou o seus joelhos e pediu para Deus mudar o seu comportamento . Ela foi diante de Deus ,e entregou todos os comportamentos errados ,e que  daquele dia em diante La seria diferente e foi isto que aconteceu.E vocês galerinha como vocês tem se comportado? Não respondam para mim ,vamos fechar os nossos olhos e pedis para Deus um comportamento de um filho de Deus .     Veja que líquidos foram misturados: Vaso 1- Líquido é um chá de repolho roxo  (bata no liquidificador e coloque para ferver) Nas três taças temos: Vaso 2-mistura de vinagre branco (de álcool) com água, mais vinagre do que água Vaso3- água com +- 4 gotas de limão dependendo do tamanho da taça ( para que não fique da mesma cor da outra) Vaso 3- água com 1 colher de café de bicarbonato de sódio, misturar bem. ATENÇÃO nada nesta mistura é para beber! Trata-se apenas de misturas usadas para contar a proposta sobre mudança de comportamento. ok   7-Historia da Bia e do Marquinhos Olá criançada hoje vou contar para vocês uma historia bem interessante é da Bia e do Marquinhos. Os dois participam dos cultos infantil A Bia era uma menina muito alegre muito feliz ,que fazia tudo conforme aprendia no culto infantil. Ela aprendia que não podia mentir e ela não mentia. Ela aprendia que não podia desobedecer ela não desobedecia . E como ela ia sempre ao culto infantil ela buscava cada dia o espírito santo (derramar água da jarra )Todas as vezes que ela orava ela buscava a direção do espírito santo ,e por isto ela era uma menina feliz e muito obediente. O marquinhos era um menino muito triste ,ela ia aos cultos mas não dava ouvidos ao que aprendia . Então todas as vezes que o mal vinha sobre a sua vida ,porque ela não tinha Jesus no coração e o espirito santo para ajuda-lo a vencer o mal . O mal vinha e dizia para Marquinhos ,fala mentira para a mamãe Marquinhos mentia(pingar  iodo no copo que é o marquinhos) Desobedece a mamãe marquinhos E ela desobedecia. Faz bagunça na escola Marquinhos fazia bagunça. È por isto que Marquinhos era um menino tristeporque ela não tinha o espirito santo na sua vida . Mas o mal também vinha sobre a vida da Bia e dizia Fala mentira Bia (pingar iodo ,no copo da Bia tem que ter água sanitária na água ,porque colocando o iodo a água não vai ficar escura ,a do marquinho é só a água ,depois no fim é que se coloca a água sanitária que simboliza o espírito santo na nossas vidas) Mas Bia não falava Faz bagunça na escola Bia Bia não bagunçava Desobedece a mamãe Bia Bia não desobedecia Conta uma mentira Bia Bia não contava Vocês viram o mal não podia entrar na vida da Bia porque ela tem o espírito santo,ela aceitou a Jesus e procura viver uma vida santa .. Um dia Marquinhos resolveu que queri mudar ,foao culto infantil OUVIU o que a tia ensinou que temos que ter Jesus em nossos corações e buscar o espirito santo para as nossas vidas serem transformadas .. E marquinhos no final do culto infantil dobrou os seus joelhos e pediu perdão  por tudo de mal que tinha feito ,e veja o que aconteceu .  O espírito santo entrou na vida de marquinhos porque ele se arrependeu e pediu perdão E agora aquele menino que era tão triste estava Feliz como a sua amiguinha Bia. Você vai precisar de uma jarra Com água sanitária e água ,escreva nela espírito santo Uma taça ou copo com rosto feliz Bia Uma taça ou copo rosto triste Marquinho Um pouco de álcool para mudar  a boquinha do marquinhos e desenhar um sorriso .